THE WHO: CINCO DISCOS PARA CONHECER A BANDA

Uma das melhores e mais importantes bandas da história do rock, o The Who foi fundado em 1964, em Londres, e continua na ativa, apresentando um dos melhores shows até hoje, como ficou comprovado no Rock in Rio de 2017. O grupo foi fundado pelo guitarrista Pete Townshend, o vocalista Roger Daltrey, ambos ainda ativos, o baixista John Entwistle, para muitos o maior baixista de todos os tempos, o primeiro a rivalizar com as guitarras, morto em 2002, e o insano baterista Keith Moon, morto em 1978, por uma overdose “acidental” de remédios e muito álcool, o grupo influenciou o rock pesado e o rock progressivo, e flertou com diversos estilos musicais, do folk ao psicodélico, do blues ao jazz. Suas performances ao vivo tornaram-se históricas e fizeram a fama da banda. Começaram como uma típica banda britânica da década de 1960, seguindo os passos dos Beatles e dos Rolling Stones, depois criaram discos cada vez mais complexos, frutos dos egocentrismos de seus integrantes. Os cinco discos apresentados aqui estão entre os mais representativos da sua extensa discografia.


APROVEITE O CUPOM DE DESCONTO: MACONHARIA420

1 – My Generation (1965)

O disco de estreia do The Who, chegou a ser, posteriormente, rejeitado pelos integrantes da banda, como um trabalho feito às pressas, mas desde o início a crítica especializada o considerou um dos mais importantes da década de 1960. O disco alcançou o quinto lugar nas paradas britânicas. Entre os destaques do disco devem ser citados “La-La-La-Lies”, “My Generation”, um dos grandes clássicos do rock, “The Kids are Alright”, outro grande clássico, “A Legal Matter”, além de duas covers de James Brown, “I Don’t Mind” e “Please, Please, Please”, e uma de Bo Diddley, “I’m a Man”.

Escute o disco aqui


Sem querer, ajudei a inventar e refinar um tipo de música que faz com que seus maiores divulgadores fiquem surdos.

Pete Townshend

2 – The Who Sell Out (1967)

Um álbum conceitual, feito para parecer a transmissão de um programa de rádio, com comerciais falsos intercalando as músicas. Faz parte da fase psicodélica do grupo. O disco não fez o sucesso esperado pela banda (13º lugar na Grã Bretanha, 48º nos Estados Unidos), mas depois tornou-se um dos favoritos dos fãs. Destaques para as músicas “Armenia City in the Sky”, “Mary Anne With the Shaky Hand”, “Odorono”, “Tatoo” e “I Can See For Miles”, outro grande clássico do rock.

Escute o disco aqui


Anúncios
Anúncios


3 – Tommy (1969)

A famosa ópera rock do The Who, quase toda composta por Pete Townshend. É a biografia fictícia de Tommy Walker, que fica cego, surdo e mudo depois de um trauma, e se torna um mestre do pinball e, depois, vira uma espécie de messias. Apesar de ser duplo, o disco fez um grande sucesso, alcançando o primeiro lugar nas paradas britânicas e o quarto lugar nos Estados Unidos. Em 1975, um filme homônimo foi feito, pelo cineasta Ken Russell, baseado nesse disco. É um disco rico em detalhes musicais, para ser ouvido inteiro, mas algumas canções funcionam isoladamente e tornaram-se clássicos do grupo, como a instrumental “Overture”, que abre o disco, e as clássicas “The Acid Queen”, “Pinball Wizard”, “I’m Free” e “See me, Feel Me”.

Escute o disco aqui


Veja algumas fotos da banda


Anúncios
Anúncios


4 – Who’s Next (1971)

Quinto álbum da banda e para muitos o melhor. O disco foi muito elogiado pela qualidade da produção e pela complexidade alcançada pelos músicos. Townshend abusa dos sintetizadores, explorando novos sons. Um grande sucesso comercial, repetiu o sucesso do disco anterior, “Tommy”, novamente alcançando o topo da parada britânica e o quarto lugar nos Estados Unidos. A obra traz algumas das melhores músicas da banda, como “Baba O’Riley”, “My Wife”, “The Song is Over”, “Behind Blue Eyes”, uma das mais belas composições do grupo, e “Won’t Get Fooled Again”.

Escute o disco aqui


APROVEITE O CUPOM DE DESCONTO: MACONHARIA420

5 – Quadrophenia (1973)

Sexto álbum do The Who e a segunda ópera rock do grupo. Conta a estória de Jimmy e suas quatro personalidades, cada uma associada a um integrante do The Who, apresentadas nos quatro lados do disco duplo. Foi outro grande sucesso do grupo, alcançando o segundo lugar na Grã Bretanha e nos Estados Unidos. Um filme homônimo baseado no disco foi feito, em 1979, por Franc Roddan. Todas as músicas foram compostas por Pete Townshend e foram feitas para serem ouvidas na sequência apresentada no disco. Entre os destaques podem ser citados: “The Real Me”, “The Punk and the Godfather”, “I’m One”, “5:15”, “Sea and Sand”, “Bell Boy” e “Love, Reign o’er Me”.

Escute o disco aqui


Eu não acho que o Who poderia ter deixado de fazer sucesso. Nós não conhecemos fracasso nesta banda. Nós não conhecemos fracasso.

Roger Daltrey

Conheça o POTCAST – O Podcast da MACONHARIA420

#12 | Maconha medicinal com Gilberto Castro PotCast – Podcast da Maconharia420

Dessa vez conversei com o Gilberto Castro (@gilberto_castro420), que é paciente de #maconha #medicinal para o tratamento de #esclerose #múltipla. Gilberto foi diagnosticado em 1999 e lhe foi dado mais 6 anos de vida útil. Não se conformando, começou a estudar os usos da maconha no tratamento da esclerose múltipla. A doença evoluiu ao ponto de deixar Gilberto na cadeira de rodas e sem conseguir falar direito. Segundo próprio relato, a maconha lhe devolveu a vida. Hoje, graças à #erva, Gilberto voltou a andar e sua #cognição voltou ao normal. Graças à um #habeas #corpus preventivo, Gilberto pode cultivar seu remédio em casa e usá-lo onde necessário. #cannabismedicinal #medicinal #mmj  — Support this podcast: https://anchor.fm/potcast-maconharia420/support
  1. #12 | Maconha medicinal com Gilberto Castro
  2. #11 | Aspectos legais da Maconha. História e legalização com Rômulo Alves (CBD Express)
  3. #10 | A Democracia Corinthiana

Se inscreva!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s