CINCO ÁLBUNS ESPETACULARES DO RUSH

O ano de 2020 começou com a péssima notícia da morte do baterista Neil Peart, lenda das baquetas. Em sua homenagem resolvi fazer esta lista. Fundada em 1968, na cidade canadense de Toronto, o Rush tornou-se uma das bandas mais adoradas pelo público e uma das mais respeitadas pelos músicos em geral. O Rush foi fundado pelo guitarrista Alex Lifeson, o baixista e vocalista Jeff Jones e o baterista John Rutsey. Geddy Lee assumiu o vocal e o baixo da banda no mesmo ano da fundação e, ainda com essa formação, gravaram o primeiro disco homônimo em 1974. Nesse mesmo ano, Rutsey deixou o grupo e foi substituído por Neil Peart, completando assim a formação clássica, que permaneceria junta até o fim oficial da banda, em 2018. Os discos estão em ordem de lançamento.


APROVEITE O CUPOM DE DESCONTO: MACONHARIA420

1 – “Fly By Night” (1975)

Depois de um primeiro disco mais hard rock e com um novo baterista, o genial Neil Peart, a banda acrescenta em suas músicas elementos de rock progressivo. O som entre o progressivo e o rock pesado caracterizariam o som do grupo nessa década. Além de grande baterista, Peart tornou-se um dos principais compositores do Rush. Entre os destaques do disco, “Anthem”, “By-Tor & The Snow Dog”, dividida em quatro atos, “Rivendell”, e a clássica “Fly By Night”.

Ouça o disco aqui


2 – “2112” (1976)

Um dos maiores sucessos comerciais da banda, foi o primeiro disco do Rush a alcançar o Top 100 da Bilboard. O grande destaque é a música que dá título ao disco, que ocupava todo o lado A do LP, dividida em sete atos e com mais de vinte minutos de duração. A música conta uma estória futurista, de um mundo dominado pelos sacerdotes, que é abalado quando um violão é encontrado. As outras músicas não tem relação com o lado “A”, mas formam uma obra espetacular.

Ouça o disco aqui


THE WHO: CINCO DISCOS PARA CONHECER A BANDA

Uma das melhores e mais importantes bandas da história do rock.

Continue lendo

LED ZEPPELIN: CINCO DISCOS PARA CONHECER A BANDA

Fundada, em 1968, pelo vocalista Robert Plant, o guitarrista Jimmy Page, o baixista e tecladista John Paul Jones, e o baterista John Bonham, o Led Zeppelin é considerado um dos três grupos (com o Black Sabbath e o Deep Purple) responsável pelo surgimento e consolidação do gênero heavy metal, e, também, é considerada uma das melhores bandas de rock de todos os tempos.


Anúncios
Anúncios

3 – “A Farewell to Kings” (1977)

Após a longa turnê que seguiu o álbum anterior, o trio se confinou em um estúdio na zona rural do País de Gales, onde criaram essa obra. Neil Peart começou a usar seus famosos sininhos e Alex Lifeson começou a flertar com os sintetizadores. Além da faixa título, que abre o álbum, o trabalho trás dois dos maiores clássicos da banda, “Xanadu” e “Closer to the Heart”, e fecha com “Cygnus X-1 Book: The Voyage”, dividida em quatro atos.

Ouça o disco aqui


4 – “Hemispheres” (1978)

Gravado no mesmo local do disco anterior, tornou-se uma dos mais aclamados da banda e muito bem sucedido comercialmente, alcançando a décima-quarta posição nas paradas do Canadá e do Reino Unido, e o quadragésimo primeiro lugar nos Estados Unidos. Na época, todo o lado A do LP era ocupado por “Cygnus X-1 Book II: Hemispheres”, dividida em seis atos e uma continuação da última música do álbum anterior. A música foi composta por Neil Peart, que adicionou à sua bateria o gongo e o tímpano. Completam o disco duas faixas mais curtas, “Circunstances” e “The Trees”, e a instrumental “La Villa Strangiato”, dividida em doze seções distintas. Uma obra-prima.

Ouça o disco aqui


5 – “Moving Pictures” (1981)

Oitavo disco da banda, com músicas mais compactas, o trabalho tornou-se o mais bem sucedido comercialmente, alcançando o primeiro lugar no Canadá e o terceiro no Reino Unido e nos Estados Unidos, naquele ano. Uma coleção única de clássicos, que tornam o todo perfeito: “Tom Sawyer”, “Red Barchetta”, “YYZ”, “Limelight”, “The Camera Eye”, “Witch Hunt”, “Vital Signs”. Peart com a sua superbateria completa, Lifenson assumindo de vez os sintetizadores e a cozinha Lee/Peart cada vez melhor.

Ouça o disco aqui


MOTÖRHEAD: CINCO DISCOS PARA CONHECER O SOM DA BANDA

Fundado em 1975, em Londres, por Ian “Lemmy” Kilmister, o Motörhead tornou-se uma das mais importantes e influentes bandas de heavy metal, precursora do movimento que ficou conhecido como “New Wave of British Heavy Metal”, iniciado em 1980, quando já tinham três discos gravados, e inspiradora de subgêneros como o Speed Metal e o Trash

METALLICA: CINCO DISCOS INCRÍVEIS DA BANDA

Fundada em 1981, em Los Angeles, pelo guitarrista James Hatfield e o baterista Lars Ulrich, a primeira formação do Metallica contava com e o guitarrista Dave Mustaine e o baixista Ron  McGovney. McGovney foi dispensado pouco depois e Cliff Burton assumiu o baixo. Pouco antes da gravação do primeiro álbum, Mustaine foi dispensado, fundando logo


Anúncios
Anúncios

Conheça o POTCAST – O Podcast da MACONHARIA420

#14 | Cannabis, culinária e ativismo com Lilica420 PotCast – Maconharia420

Táááá no ar mais um episódio do balaco baco. Agora bati um papo com a Lilica (@lilica.420) sobre maconha na comida, ativismo, benefícios medicinais e muito mais! Por que comer manga junto com maconha aumenta a brisa? O que são terpenos? Tem valor nutricional? Maconha tem valor nutricional? E muuuito mais! *Só presta atenção no episódio todo, que a Lilica ensina uma receita na faixa pros ouvintes! #culinaria #cannabis #cannabismedicinal #podcast #ativismo — Support this podcast: https://anchor.fm/potcast-maconharia420/support
  1. #14 | Cannabis, culinária e ativismo com Lilica420
  2. #13 | Cannabis e Ficção Científica com o @usuariodeficcaocientifica
  3. #12 | Maconha medicinal com Gilberto Castro
  4. #11 | Aspectos legais da Maconha. História e legalização com Rômulo Alves (CBD Express)
  5. #10 | A Democracia Corinthiana

Se inscreva


Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s