Odeio listas #1 – 5 discos que construíram a fama do Queen

Odeia tanto as listas de coisas que adora ficar listando tudo? Odeia ser bipolar, mas é uma delícia ser bipolar?

Agora temos uma série de listas para dar gatilho de ansiedade em todo mundo que odeia listas.

Nesse primeiro post, teremos a lista dos “5 discos que construíram a fama do Queen”, escrito pelo Alexandre S. Uhryn.

Todo mundo aí sabe que banda é o Queen, né?

Boa leitura à todxs.


Fundada em 1970, na cidade de Londres, pelo vocalista e pianista Freddie Mercury, o guitarrista Brian May, o baixista John Deacon e o baterista Roger Taylor, o grupo seguiu com essa formação até a morte de Mercury, em decorrência do vírus HIV, em 1991. A banda se tornou uma das mais importantes do rock britânico, pela qualidade de suas músicas, o ecletismo de seu território e a capacidade de criar hits. O Queen continua vendendo discos e a fama de Freddie Mercury, uma das grandes vozes do rock,
aumenta a cada ano, fazendo dele um dos grandes mitos da música. Os discos estão apresentados em ordem de lançamento.

1 – Sheer Heart Attack (1974)

Terceiro disco da banda e seu primeiro grande sucesso comercial, alcançando o segundo lugar nas paradas do Reino Unido e o décimo-segundo lugar no Estados Unidos. Com um rock mais convencional do que os dois primeiros (Queen e Queen II) é hoje reconhecido pelo trabalho de guitarras de May, mais próximo do hard rock, e os efeitos criados por ele, ao gravar a guitarra em canais múltiplos. O disco apresenta clássicos como “Brighton Rock”, “Killer Queen”, primeiro sucesso internacional da
banda, “Now I’m Here” e “Stone Cold Crazy”, regravada pelo Metallica em 1990.


2 – “A Night At The Opera” (1975)

A obra-prima da banda, sempre apontado como um dos melhores discos da história do rock. O disco que levou a banda ao estrelato mundial. Muito diferente do anterior, com mais piano e muito experimentalismo, o disco alcançou o primeiro lugar nas paradas do Reino Unido e o quarto lugar nos
Estados Unidos. Foi o disco mais caro, até então, produzido no Reino Unido, com um custo de 200 mil libras. O disco abusa das vozes sobrepostas e enriquece o som com diversos instrumentos, como tuba, clarinete, banjo, harpa, ukelele. Um disco indispensável, onde é difícil destacar uma parte do todo, os clássicos se sucedem: “Death on Two Legs (Dedicate to…)”, “I’m Love With My Car”, cantada por Taylor, “You’re My Best Friend”, “39”, cantada por May, “Love of My Life”, “Bohemian Rhapsody”, a melhor música do grupo.


3 – “A Day At The Races” (1976)

Quase uma continuação do álbum anterior, mas não tão inspirado, recebeu, assim como o anterior, o nome de um filme dos Irmãos Marx. O disco alcançou o primeiro lugar no Reino Unido e o quinto no Estados Unidos. A capa  também é igual a do disco anterior, só que preta, ao invés de branca, como no outro. O desenho da capa foi feito pelo próprio Freddie Mercury. Clássicos do disco: “Tie Your Mother Down”, “Somebory To Love “, “Good Old-Fashioned Lover Boys”.


4 – “News of The World” (1977)

O Queen deixou a experimentalismo e os arranjos complexos de lado e apostou em um som mais direto e acessível, acertando mais uma vez. O disco alcançou o quarto lugar entre os mais vendidos do Reino Unido e o terceiro nos Estados Unidos, naquele ano. A capa com um robô carregando os músicos é a melhor da banda. Como nos discos anteriores, os clássicos se sucedem: “We Will Rock You”, “We are the Champions”, “Sheer Heart Attack”, “Spread Your Wings”, “Get Down, Make Love”, “My Melancholy Blues”.


5 – “The Game” (1980)

Oitavo álbum da banda, que dá uma “modernizada” no seu som, com uma pegada mais pop e usando pela primeira vez os sintetizadores. Foi o único disco do Queen a alcançar o primeiro lugar na parada norte-americana, graças a clássicos como “Play the Game”, “Dragon Attack”, “Another One Bite The Dust”, “Crazy Little Thing Called Love”, “Save Me”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s